SmartphonesTech

Como não viciar o celular: 9 dicas para fazer a bateria durar mais

Cuidar do seu celular é importante para evitar que sua bateria fique viciada. É claro que é impossível evitar que algum dia a bateria do seu celular vicie, já que isso faz parte da vida útil da bateria. Porém, é possível tomar alguns cuidados e adotar certos hábitos para permitir que a bateria do seu celular viva por mais tempo sem ficar viciada.

Como não viciar o celular

As baterias dos smartphones, tablets e notebooks estão sujeitas a ficarem viciadas ao longo do tempo. Isso acontece porque cada vez que elas são carregadas e descarregadas acabam perdendo um pouco da sua capacidade de se recarregar.

Mas, como mencionamos acima, é possível evitar que a bateria vicie em tão pouco tempo. Veja abaixo algumas dicas para não viciar o celular.

7 Dicas para não viciar a bateria do celular

Como não viciar o celular

1. Carregue a bateria aos poucos: Sim, embora você já tenha provavelmente ouvido que a bateria do celular deve carregar o mínimo de vezes possíveis por dia, especialistas aconselham exatamente o contrário.

As baterias de íon de lítio, que são as mais comuns atualmente, precisam ser carregadas várias vezes durante o dia, ao invés de um só carregamento que leve a bateria a 100%. A recomendação é carregá-la cerca de 40% por vez (de 50% para 90% ou 40% para 80%).

2. Evite cargas longas com frequência: O contrário disso pode, sem dúvidas, prejudicar a vida útil da sua bateria. Você deve tentar fazer um ciclo completo da bateria mensalmente, ou seja, deixar a bateria zerar e carregar até 100%, uma vez por mês.

3. Desligue o celular sempre que não tiver sinal: Manter o celular ligado quando está sem sinal ou procurando alguma rede aumenta o consumo de energia. Então, para evitar que o consumo de energia aumente, desligue o aparelho.

Assim, você não somente evita o aumento do consumo de energia como também o aumento da temperatura interna do aparelho, que acontece quando o aparelho realiza a busca de rede automaticamente, e pode ser prejudicial à longo prazo para a bateria do seu celular.

4. Evite chegar aos 0% de carga: Isso é muito importante, você deve sempre tentar manter a carga do seu celular acima dos 20%. Se seu telefone possui bateria de níquel-cádmio, ela terá um “efeito memória”, que fará com que você tenha que carregá-la até 100% sem tirar da tomada e esperar a percentagem atingir 0 para conectá-la novamente ao carregador.

5. Remova a capa antes de carregar: Isso ajuda a evitar o calor excessivo causado por alguns tipos de capas enquanto o celular carrega. Esse calor excessivo pode afectar a capacidade da bateria a longo prazo. Portanto, se o seu aparelho esquentar enquanto estiver carregando, retire a capa.

6. Use “apenas” carregadores originais: Existem muitos bons motivos para você usar somente carregadores originais. O primeiro deles é que os carregadores originais emitem a voltagem adequada para carregar a bateria, o que os demais carregadores não fazem, por isso acabam reduzindo o tempo de vida útil da bateria por causa do desgaste.

Por outra, os carregadores originais cortaram a alimentação de energia quando o aparelho chega a 100%, mesmo que continue conectado à fonte. Isso faz com que o aparelho não fique superaquecido.

7. Evite colocá-lo em contato com fontes de calor: Fontes de calor causam o superaquecimento, que é prejudicial ao seu aparelho. Por isso, não é recomendado colocar seu celular em superfícies quentes, deixá-lo exposto ao sol, dentro de carros, em cima de outros aparelhos eletrônicos ou até mesmo dentro do seu bolso em dias quentes.

8. Não use o celular enquanto ele estiver carregando: Para além de fazer com que alguns dispositivos carreguem mais lentamente, usar o celular enquanto carrega pode elevar a sua temperatura à um nível que danificará a bateria.

Artigos relacionados

9. Tente não carregar o celular no computador ou no carro: Você já deve notar que carregar o celular no computador é mais demorado. Porém, essa não é a única desvantagem dessa prática. Isso pode também danificar a bateria, pois as correntes oscilam muito entre duas entradas USB, e podem causar mais aquecimento do que o carregamento na tomada.

Leia também:

Artigos relacionados

Back to top button

Bloqueador de anúncios detetado!

Por favor, desative o bloqueador para continuar a usar o site!