Smartphones

Como saber se meu celular foi clonado e o que fazer: veja o passo para a solução

Clonar o celular é uma prática criminosa usado passa roubar informações das vítimas. Se você, por algum motivo, acha que seu celular está sendo clonado, isso é sinal de que você precisa se preocupar e saber o que fazer diante disso. Como saber se meu celular foi clonado? Ao longo desse conteúdo você verá alguns métodos que darão certeza de que seu celular está sendo clonado ou não.

O que acontece quando seu celular é clonado?

Geralmente, outras pessoas têm acesso a suas informações de forma indevida. Basicamente isso é um tipo de invasão de privacidade que pode te comprometer, já que esses invasores podem ter seus dados pessoas e até mesmo dados bancários e se fazer passar por você.

Um celular pode ser clonado de várias formas, veja alguns métodos muito usados por invasores:

Celular clonado pelo código do aparelho

O código do aparelho é um número único para cada aparelho. A clonagem de celulares por esse método ocorre da seguinte forma:

O invasor reprograma um aparelho para transmitir o código do aparelho e o código do assinante habilitado.

Então, ele usa o telefone clonado para fazer as ligações que serão debitadas na conta do titular da linha. Isso acontece mais quando a pessoa que detém o número está fora da sua área de origem.

Você pode saber se seu celular está sendo clonado através desse método?

Sim. Você deve começar a desconfiar quando notar dificuldade para completar chamadas ou quando notar quedas frequentes nas ligações.

Problemas de acesso a caixa postal e alto volume de chamadas recebidas de números desconhecidos também devem ser sinais de preocupação.

Você também deve ficar atento à conta para verificar se os débitos estão de acordo com seus gastos.

Celular clonado com “SIM swap”

Invasões desta natureza ocorrem quando o criminoso já possui o número de celular e algumas informações da vítima.

Com essas informações, ele entra em contato com a operadora se fazendo passar pela vítima e fingindo que seu aparelho foi roubado ou perdido, em seguida pede que a empresa vincule o número antigo a um novo cartão SIM.

A partir desse momento, o criminoso passa a receber todas as ligações e mensagens da vítima, além de ganhar acesso à sua lista de contatos e aos códigos de verificação via SMS para contas que usam o recurso.

Com o controle de várias informações, ele consegue recuperar senhas de aplicativos bancários e redes sociais, por exemplo.

O que acontece depois disso?

Artigos relacionados

O golpe começa, literalmente! O criminoso pode se aproveitar dos dados da vítima para fazer operações importantes em seu nome, como fazer compras, pedir empréstimos em instituições bancárias ou aos contactos da vítima, por exemplo.

É claro que cada invasor tem suas estratégias e pode usar os dados da vítima como bem quiser.

Celular clonado com aplicativo espião

Esse método de invasão ocorre apenas quando o invasor e a vítima possuem contato físico, já que o invasor precisa ter acesso ao aparelho da vítima. Esse método é muito usado por pessoas controladoras que desejam monitorar as atividades de determinada pessoa, como parentes ou parceiros amorosos.

O método consiste em instalar um aplicativo espião no telefone da vítima sem que a mesma se aperceba e a partir daí, ter acesso a tudo que acontece no celular da vítima através do seu próprio celular, ou seja, tudo o que acontece no aparelho da vítima também vai para o aparelho do invasor.

Como posso evitar que meu celular seja clonado por esse método?

A dica é simples: use senha no seu celular e evite emprestá-lo para terceiros. Sua senha deve ser forte e você deve alterá-la quando achar que alguém teve acesso a ela.

Como saber se meu celular foi clonado?

Veja agora dicas para saber se seu celular foi clonado:

Verifique o seu aparelho

Se você acha que seu celular foi clonado o primeiro passo para ter certeza disso é fazer uma verificação completa do seu aparelho e tentar identificar qualquer aplicativo que você não tenha instalado e que o mesmo tenha acesso a certos recursos do seu celular, como o microfone, câmera e GPS, por exemplo.

Como alguns aplicativos podem não aparecer no seu menu principal você deve ir para as configurações do seu aparelho e verificar todos os aplicativos que se encontram instalados nele.

Além disso, você também deve verificar se existe algum aumento significativo do consumo de dados móveis ou bateria.

Linha de celular

Algumas situações estranhas em sua linha telefônica podem ser sinais de que seu chip ou sua linha foram clonados. Se você perceber situações como: sinal cortando ou ligações com muito chiado, se preocupe.

Por fim, verifique a conta do seu celular e certifique-se de que não há nenhuma chamada para um número desconhecido e que os valores condizem com o que foi acordado com a operadora.

Em caso de dúvidas nesse momento, entre em contato com a empresa, explique a situação e solicite o bloqueio da linha.

O que fazer se meu celular foi clonado?

Se você descobriu que seu celular foi clonado é hora de saber o que fazer diante disso. A primeira coisa que você precisa fazer é trocar todas as suas senhas de e-mails, redes sociais, aplicativos bancários (principalmente) e outras contas importantes.

Você também pode resetar seu dispositivo e informar ao seu banco sobre essa situação.  A troca de senha impedirá que o invasor tenha acesso as suas contas. E para ser ainda mais seguro, termine sessão em todas as contas abertas depois de trocar a senha de cada uma delas.


Você também pode gostar de:

Artigos relacionados

Back to top button

Bloqueador de anúncios detetado!

Por favor, desative o bloqueador para continuar a usar o site!